WELCOME/SEJA BEM VINDO / Bienvenue

This is my blog. Here you will find a little of my history, will have the opportunity to watch my video clips and other artists that I appreciate. Also there are issues about racing and the game "Grand Prix 3" videos produced by me.

Este é o meu blog. Aqui você encontrará um pouco da minha história, terá a oportunidade de assistir aos meus videoclips e de outros artistas que aprecio. Tem também assuntos sobre automobilismo e o game Grand Prix 3 com vídeos produzidos por mim.

2012-07-11

BOURDAIS: UMA LEGENDA!

Acompanhei no domingo passado a transmissão da Indy pelas ruas Toronto, prova tradicional do calendário. Para quem ignora, há 25 anos, em julho de 1987, Emerson Fittipaldi obteve uma de suas vitórias mais extraordinárias ao derrotar Danny Sullivan na penúltima volta. Ambos chegaram a se tocar! Boas lembranças!

Ao ouvir os comentários do Luciano do Valle - de quem sou profundo admirador e fã - e da Bia Figueiredo - que pilota de vez em quando na categoria - sobre o tetra campeão Sébastien Bourdais, fiquei estarrecido!


Para se ter uma idéia do legado histórico de Bourdais na história da Indy, a CART - da qual a CCWS foi a herdeira, por assim dizer, da cisão que também gerou IRL (isso é uma longa história...) - tinha como maiores campeões duas lendas do automobilismo norte americano: Rick Mears e Bobby Rahal. Cada um com 03 (três) títulos. Ou seja, é o maior campeão da história da antiga CART!


Mas, OK! Esqueçamos as brigas, divisões e, consideremos a história de monopostos dos Estados Unidos desde 1905, quando surgiu a categoria AAA, passando pela USAC, CART, IRL, CCWS, etc. O maior campeão de todos os tempos é A. J. Foyt, com 07 (sete) títulos (1960,61,63,64,67,75,79). Em seguida, empatados, Mário Andretti (1965,66,69,84), Sébastien Bourdais (2004,05,06,07) e Dario Franchitti (2007,09,10,11).

Ainda uma última curiosidade: Bourdais e Franchitti iniciaram a temporada 2012 empatados em número de vitórias (31 para cada).


Em suma, ele é uma das legendas do automobilismo, independente do que venha a fazer no futuro. Quem transmite a Indy tem obrigação de conhecer a história desse piloto! Esse merece respeito!